27.5.17

Keep it Real !

*Post only in Portuguese, please feel free to translate :)

Hey! Ainda está alguém desse lado?

Faz uns meses que deixei de escrever Blog... pois é, e não há motivo aparente, simplesmente deixei de escrever. Talvez houvesse ali uma falta de motivação, e depois alguns acontecimentos menos bons, que fizeram definitivamente esquecer esta plataforma.

Pela primeira vez, desde que criei este Blog ponderei se devia continuar com ele. Comecei a questionar qual o sentido disto tudo. Não só o Blog, mas também como outras redes sociais. Qual é o sentido de escrever no Blog? Qual o sentido de mostrar isto, ou partilhar aquilo? Para quem eu realmente estou a escrever ou a falar? Acho que cheguei à crise de 4 anos de Blog (e se não existe isso, passa a existir).

Acho que em algum momento da nossa vida, para quem está neste meio, passa por isso. Principalmente porque tudo está em constante mudança. 

O mundo da Blogosfera mudou. E infelizmente, na minha opinião claro, tornou-se mais um meio comercial e publicitário. É tudo muito esquisito, não há aquele lado pessoal e único. Há Posts com fotos fantásticas e produzidas, mas que a única frase escrita naquele nele resume-se de onde são aquelas peças ou com uma lista enorme de produtos. Para mim esses deixaram de ser Blogs e sim Sites informativos.

Será que vivemos num mundo artificial e perfeito? Óbvio que não. Então para mim o blog deve ser feito de partilha de experiências pessoais. Deve ser escrito de forma real e única, uma troca de informação com outras pessoas ou deve servir simplesmente como forma de inspiração. Sim, e devemos ter como forma de inspiração Blogs verdadeiros!

E não estou aqui para vos dizer que desisti deste mundo perfeitamente imperfeito, mas que vou continuar, e vou continuar a ser uma pessoa real, a escrever sobre aquilo que mais gosto. A partilhar as minhas receitas favoritas e as minhas aventuras pelo mundo. 

E quando a vocês... keep it real! 

Espero que continuem desse lado ♥
Read More

12.3.17

FOOD | Vegan Aioli Sauce Recipe


Sabem quando vão aquele restaurante e o vosso prato vem com aquele molho delicioso, que vocês não fazem a minima do que é, mas é fantástico?!

Hoje partilho com vocês a receita de um molho que podem usar em práticamente tudo: AIOLI. É um molho originalmente francês, um género de maionese muito bem temperada. Por norma leva ovos, mas hoje trago-vos a versão vegan muito boa :) 



Ingredientes:
  • 200g de Cajus
  • 3 dentes de Alho
  • 8 Colh. de Sopa de Natas de aveia
  • 4 Colh. de sopa de azeite
  • Metade de um limão
  • Sal qb.


Preparação:

  1. Cobrir os cajus com àgua e deixar de molho durante a noite. Depois escorrem os cajus e passam por àgua limpa;

  2. Numa misturadora colocam os alhos, os cajus demolhados, natas de aveia, azeite, sal, sumo da metade do limão e 150 ml de àgua. Tristuram tudo até obter uma mistura uniforme;

  3. O Aioli deve estar no frigorifico pelo menos 1h antes de ser consumido.


Exige alguma pré-preparação porque têm que pôr os cajus de molho no dia anterior, mas é muito fácil de fazer. Podem utilizar no que vocês quiserem, como molho para saladas, pão torrado, molho para acompanhar as batatas, massas... Neste caso eu utilizei como molho para um hamburguer vegan que eu fiz. Juntei um abatate esmagado e um pouco de chili em pó e ficou óptimo! (Em breve vai estar a receita do hamburguer no blog.)


Quem disse que não podemos comer molhos de uma forma mais saudável?! 


Espero que tenham gostado desta receita mais fora do comum :)

Beijinhos,
Read More

26.2.17

TRAVEL TIPS | Traveling with Airbnb

 

Olá Pessoal!

Hoje trago-vos um Post onde falo um bocadinho da minha experiência com o site Airbnb. Digo-vos já que é uma óptima plataforma para quem quer poupar na estadia quando está a planear fazer uma viagem.

O que é o Airbnb?


É uma plataforma que se destina a pessoas que querem alugar o seu espaço (um quarto, uma casa, um barco, uma autocaravana, etc) como meio de hospedagem, a pessoas que procuram estadia em qualquer parte do mundo.


As vantagens de usar o Airbnb:

  • Podem ficar em locais mais centrais e de fácil acesso numa cidade por um preço muito mais acessivel do que se fosse num hotel;
  • Boas comodidades. Se alugarem uma casa têm acesso a um apartamento só para vocês e podem usá-lo como se estivessem em vossa casa. E mesmo se fôr só um quarto, normalmente têm direito a cozinha e casa de banho;
  • Se dividem a casa com o vosso Host, vão provavelmente fazer amizades e conhecer coisas que jamais estarão num mapa ou guia turistico:
  • Vivem como se estivessem a morar nessa cidade como locais;
  • Com acesso a cozinha podem facilmente fazer as vossas refeições em casa e assim poupar imenso dinheiro na vossa viagem;
  • O site é intuitivo e seguro. Podem analisar o perfil do vosso Host, ver os comentários de pessoas que ele hospedou anteriormente e tirarem as vossas conclusões.


A desvantagens:

  • Às vezes a descrição pode não corresponder à realidade e vocês acabarem num sitio diferente daquilo que estavam à espera;
  • O vosso Host pode ser uma pessoa com hábitos estranhos, ou demasiado chato, o que pode não facilitar muito a vossa estadia;
  • Se não fizerem uma reserva imediata, em que a vossa reserva é aceite automaticamente e fica garantida, o Host pode cancelar a reserva até 24h antes da data sem qualquer problema, o que pode dificultar um pouco a vida se já tiverem uma viagem inteira planeada e a contar com a estadia.


A minha experiência:

Já tive a oportunidade de ficar hospedada em Londres, Porto, La Spezia (Itália), Roma, Estrasburgo e em Bamberg (Alemanha), que foi uma das ultimas casas onde fiquei e é a que fotografei como exemplo para mostrar neste Post. 

Num conjunto de todas as estadias, a minha experiência com o Airbnb foi bastante positiva. Houve claro alguns inconvenientes, mas nada que fosse muito grave que me fizesse detestar a experiência. 

Por exemplo, em Londres dividimos a casa com uma senhora que falava pelos cotovelos! Chegava a ser dificil terminar uma conversa para podermos sair de casa e fazer aquilo que realmente fomos ali fazer, conhecer a cidade! Ainda assim eu adorei conhecê-la, porque era uma pessoa com uma mentalidade bastante aberta e com um conhecimento enorme. 
Em Roma, por exemplo, foi daqueles casos em que a descrição e as fotos não correspondia muito bem à realidade, mesmo assim a casa era super fofa, só com o inconveniente que o estrado da cama estava partido e tinhamos que nos deitar com muito cuidado para ele não cair. Felizmente era do lado em que o Luís dormia, por isso ele é que muitas vezes acabava com o rabiosque no chão xD


As fotos que estão ao longo do Post, são da casa onde ficámos em Bamberg e como podem ver é bastante boa. A melhor parte, para além da cozinha (que para mim é essencial), é que estava mesmo no centro da cidade, com uma localização absolutamente perfeita. A decoração era simples, mas bonita. Era muito confortável e até tinha um rádio que eu punha a tocar de manhã enquanto preparava o pequeno almoço. Sentia-me completamente em casa.






Sem dúvida alguma que recomendo o Airbnb! Até já temos as próximas estadias marcadas e confirmadas para Berlim e Hamburgo, que vamos visitar em Abril. Se clicarem aqui podem ter 30€ de desconto na vossa próxima reserva e assim também dão um desconto a nós, o que é sempre uma ajuda :)

Já usaram Airbnb? Como foi a vossa experiência?

Espero que tenham gostado. 

Beijinhos
Read More

29.1.17

LIFESTYLE | How I survive Winter!


Olá :)

Fim de semana passado, mesmo estando um frio de morrer, decidimos visitar uma cidade. Aliás, acabámos por visitar três: Rothenburg, Bamberg e Würzburg. Foi um fim de semana super tranquilo e relaxante. 


Alugámos uma casa em Bamberg, mesmo no centro da cidade, que nos permitia ir a casa para "descongelar" visto que estavam temperaturas negativas, mesmo durante o dia. 

Aqui não é fácil lidar com o Inverno. Os dias são curtos, cinzentos e frios durante muitos meses. Só apetece hibernar em casa debaixo de um cobertor ou de uma manta quentinha. 

Quando se vem de uma cidade, como Lisboa, em que estamos habituados a ter sol durante todo o ano, damos por nós a ficar desesperados por um raio de sol e esperamos que as temperaturas se mantenham acima de 0. 

É incrivel como o sol pode mudar o nosso humor, e pricipalmente o quanto ele é essencial para a nossa saúde. Deste que nos mudá-mos para a Alemanha, a falta de vitamina D passou a ser um problema, por isso temos de adaptar a nossa rotina no Inverno.

Umas das coisas que ajuda sem duvida é sair de casa e dar uma volta. Apanhar um arzinho gelado na cara não faz mal a ninguém e no fim sentimo-nos muito melhor. 

Outra coisa que é essencial para mim é um chá quentinho. Arranjem um fervedor de àgua eléctrico, vai salvar a vossa vida, se ficarem viciados em chá como eu. 


Arranjar algo para fazer fora de casa também é uma boa ideia! Eu gosto de pegar na minha Instax Mini Neo e ir fazer umas "polaroids". Ainda não lhe apanhei o jeito, porque nem sempre ficam bem, mas aposto que no final deste inverno já estou Pro


Em Bamberg, depois de dar uma volta pela cidade, quando chegava a casa punha àgua a aquecer para o chá e enquanto aquecia eu ia tomar um banho super quentinho. Vestia o pijama, preparava o meu chá e relaxava no sofá. Sabia tão bem! 

Aproveitei nesse fim de semana também para fazer algumas coisas que gosto, como tirar fotografias para o Blog. Escrever aqui é uma terapia, acreditem. Mantém a mente ocupada e feliz, e falo sobre coisas que me interessam. É uma óptima forma de ultrapassar o Inverno, se não quiser sair de casa.


E as fotos que vêm ao longo do Post foram as que tirei nesse dia, para vos mostrar o relógio que recebi da loja Lord Timepieces. Eles têm relógios clássicos e elegantes tanto para homem como para mulher. Na verdade o que escolhi é da colecção de homem (podem ver aqui em mais detalhe) e adorei! 



Eles têm vários modelos com detalhes incríveis. No que eu escolhi, gostei especialmente do ponteiro dos segundos ser em vermelho. Os relógios têm uma qualidade muito boa. É um presente clássico se quiserem oferecer algo no dia dos Namorados, ou numa outra ocasião. Podem até aproveitar o meu código de desconto que está abaixo.


Espero que as minhas sugestões sejam utéis para sobreviverem a mais um Inverno, que por sinal este ano está a ser muito rigoroso!

Quais são as vossas dicas para este Inverno?

Espero muito que tenham gostado,

Beijinhos.
Read More